Minha História com a Unity

Olá!

Sou apaixonado por programação e nos últimos anos tenho brincado bastante com a Unity Engine.

Comecei a estudar programação ainda nos anos 90 em meu saudoso 386. De lá pra cá, passei pelo Pascal, C e finalmente C#.

Trabalhei durante um bom tempo administrando redes e bancos de dados e conheci a Unity em 2012, ainda na sua versão 3.X.

Em 2017/2018 fui convidado a trabalhar no projeto HPRZ: The Syndrome, a princípio para trabalhar no sistema de rede e depois como diretor de programação. Era um Survival ambicioso. Chegou a ser apresentado na BGS 2018 com algumas propostas de patrocínio que não chegaram a ser concretizadas. No início de 2019, o projeto foi descontinuado por razões financeiras. Sim, é muito difícil fazer um jogo desse porte no Brasil, ainda mais sendo indie.

Por que tenho poucos jogos publicados?

Passei o ano de 2019 estudando ECS+Jobs (Hoje DOTS), cheguei a publicar alguns jogos na PlayStore, mas devido ao tempo que eu gastava com os estudos, não pude dar a atenção devida a eles e alguns saíram da loja devido a falta de atualizações e as mudanças nas políticas de privacidade do Google.

Ainda tenho alguns projetos no papel e pretendo realizar pelo menos um deles em 2020 mas desta vez tudo será feito com DOTS, então, as coisas realmente dependem de como DOTS vai se desenvolver neste ano.

Desenvolvimento de Assets

Também tenho alguns assets funcionais mas não publicados. Dentre eles um framework de rede baseado em LiteNetLib, um sistema de tradução utilizando a API do google para tradução automática, um sistema de gerenciamento de inventário, armas, animações no estilo “one click”.

Ocupação atual

Atualmente estou desempregado. Estou em busca de novas oportunidades de trabalho e enquanto isso, pego alguns trabalhos freelance relacionados a programação/unity/bancos de dados.
Então, se você precisa de algum “freela”, tem alguma oportunidade disponível, por favor entre em contato comigo através do formulário de contato.

Um grande abraço e sucesso sempre!